Menor que cometeu assassinato em Espera Feliz não foi liberado após o crime

Jovem foi encaminhado para ser internado na cidade de Mutum.

Publicado em 15/08/2014 - 08:57    |    Última atualização: 15/08/2014 - 08:57
 

Ao contrário do que foi veiculado ontem (14), o adolescente de 16 anos que cometeu um homicídio no centro de Espera Feliz não foi liberado após ser ouvido na delegacia.

Num primeiro momento, a equipe do Portal Espera Feliz teve acesso à ocorrência registrada pela polícia. Nela, constava a informação de que o menor havia sido conduzido à delegacia para ser ouvido e, após, teria sido liberado.

Nesta manhã recebemos a informação de que o infrator não foi liberado. O jovem, após ser apreendido pela Polícia Militar de Espera Feliz, foi levado para Manhuaçu e, em seguida, foi apresentado ao Ministério Público, que tomou as providências necessárias e encaminhou o adolescente para ser internado na cidade de Mutum.

O CRIME

IMG-20140814-WA0003Na noite desta quarta-feira (13), por volta das 23h00, a Polícia Militar de Espera Feliz foi acionada à R. Sete de Setembro, no centro do município, por conta de uma pessoa sendo agredida por golpes de foice.

No local os policiam encontraram a vítima, Edimilson Amadeu Duarte, 49 anos, caído ao chão, com grande sangramento na cabeça. O SAMU chegou ao local e confirmou que o corpo estava sem vida. Ele sofreu quatro ferimentos de foice no crânio.

Denúncias ajudaram os policiais a identificar o autor do crime: B. F. O., de 16 anos. Ele foi encontrado à rua Caparaó, onde foi-lhe dada voz de apreensão em flagrante. De acordo com a ocorrência policial, a mãe do menor, Vanderléa Alves Firmino, de 39 anos, escondeu a foice usada pelo filho no telhado de sua residência e negou ter conhecimento do fato. Ela alegou que há dias não tinha contato com o filho.

B. F. O. esclareceu aos policiais que estava num bar junto com todos os envolvidos no fato. Ele contou que já havia se desentendido com Edimilson anteriormente e que ele havia lhe ameaçado de morte, razão pela qual teria praticado o crime.

O menor alega que a vítima estava armada com um facão que, de fato, foi localizado junto ao corpo. Segundo os policiais, o menor possui históricos de agressão e no dia 21 de março deste ano praticou uma tentativa de homicídio. Na ocasião, ele também usou a foice como arma.

Da Redação do Portal Espera Feliz.


  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais