Paulo Faria

Este é um artigo ou crônica pessoal de Paulo Faria.
Não se trata de uma reportagem ou opinião do Portal Espera Feliz.

E de repente…

E de repente você percebe que tudo, apesar de consistente, é fluído ou dissipado pelo tempo.

e de repente...

E de repente você sente falta do seu pai; e de repente você sente falta do seu cachorro preto com manchas brancas; e de repente você sente falta dos desenhos animados que marcaram sua infância; e de repente você sente falta dos chicletes e dos álbuns de figurinhas; e de repente você tem saudade da Phoebe Cates com 18 anos; e de repente você sente falta daqueles amores ou paixões que nunca irão se concretizar; e de repente você sente falta daquela garota que fitou nos seus olhos ao cruzar pela calçada, e que você nunca mais teve a oportunidade de falar um “oi”; e de repente você sente falta daquela casa antiga no alto do morro que nem existe mais; e de repente você sente falta da sua turma da 8ª série; e de repente você também sente falta da sua turma da 4ª série, cujos colegas você nem consegue mais se lembrar dos nomes; e de repente você sente falta das rodas de violões rolando Legião Urbana depois da escola (e antes dela e até durante); e de repente você sente falta de caminhar pelos caminhos empoeirados com um amigo, contado histórias e estrelas; e de repente você sente falta de dormir ao som dos grilos e dos sapos; e de repente você sente falta observar a chuva pela janela do ônibus; e de repente você sente falta de uma conversa trivial com algum tio seu analfabeto, mas que é expert em humildade e “vida”; e de repente você sente falta de ter que esperar seus pais dormirem para poder ter ligar a TV de madrugada; e de repente você sente falta do prazer de copiar aquela fita K7 rara daquela banda que quase ninguém conhece (ia); e de repente você sente falta de apenas ficar olhando o pôr do sol do alto da sua casa; e de repente você sente falta de ficar chutando pedras pela estrada à noite depois da reza de novena de natal; e de repente você sente falta do aroma do café secando no terreirão; e de repente você sente falta do café da sua vó; e de repente você sente falta da sua vó; e de repente você sente falta daquele fim de tarde frio do mês de maio sentado na varanda; e de  repente você sente falta de estar ouvindo Renato Russo em italiano aos 14 anos numa tarde de junho cinzenta; e de repente você percebe que tudo, apesar de consistente, é fluído ou dissipado pelo tempo: a carne, os amores, os amantes, os amigos, o cachorro, a música, as lembranças… O tempo; este deus que se encarrega de colocar tudo em seu devido lugar. Até o fim…

Por Paulo Faria.

Sobre Paulo Faria

Paulo Faria tem um montão de anos, é um amante do cinema de horror, rock ‘n’ roll e das artes em geral. É professor por formação, humorista por conveniência, músico por obsessão e escritor por aspiração.


Tragédia

“Cidade acabou”, diz prefeito Carlinhos Cabral à reportagem da Globo

Prefeito conversou com reportagem do G1 Zona da Mata.

Tragédia

Espera Feliz vive manhã de pânico por conta de boatos inverídicos

Informações falsas e distorcidas causaram pânico pela cidade.

Tragédia

Cenário de guerra: Espera Feliz fica destruída após enchente

Casas foram derrubadas, comércios foram destruídos e cidade vive fim de semana de caos.

Campanha

Faça uma doação para as vítimas de Espera Feliz

O Portal Espera Feliz criou uma vaquinha online para arrecadar fundos para as vítimas da tragédia.

Chuvas

Chuvas causam alagamentos em Espera Feliz e região

Rios transbordaram e várias ruas foram alagadas.

Paulo Faria

O politicamente incorreto na TV brasileira nos anos 80 e 90

Houve um tempo em que nossos canais de TV eram os principais veículos de comunicação. Foi um tempo em que o limite era não ter limites e isso nos presenteou com programas épicos, cenas clássicas e momentos “absurdos”.

Pricila Magro

Por trás da capa vermelha

Não importa a história da Chapeuzinho que você vier a ler, o Lobo Mau não é ovacionado, ou transformado em celebridade.

Farley Rocha

E aííííí?!

Em meio à boemia de cidade pequena, sua presença nos cativa o mesmo efeito de uma joia rara.

Política

Deputados fazem protesto sentados em rodovia de Carangola

André Janones e Cleitinho Azevedo cobram DER por rodovia afundando.

  • JOSÉ FERNANDO DE QUEIRÓS PADILHA
    conhecido como ?FERNANDO BARBEIRO?

    ✰09/09/1941     ✞27/01/2020

    O corpo está sendo velado no(a) CAPELA VELÓRIO VIDA DE CARANGOLA e será sepultado às 10:00 horas do dia 28/01/2020 no cemitério CEMITÉRIO MUNICIPAL JARDIM DA PAZ CARANGOLA, em CARANGOLA-MG

  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais

Portal Espera Feliz