Tiroteio deixa quatro feridos no Oposto, em Guaçuí

Grupo chegou e abriu fogo contra os frequentadores do local.

Publicado em 10/09/2018 - 13:48    |    Última atualização: 10/09/2018 - 13:48
 

Um tiroteio na Casa de Shows Oposto, no centro de Guaçuí, deixou quatro pessoas feridas, na noite deste sábado (08). A confusão começou após participantes da festa saírem do local do evento e retornarem armados e atirando. Eles responderão por tentativa de homicídio.

Segundo a Polícia Militar, um dos seguranças do estabelecimento informou que um grupo de rapazes teria sido expulso do local, após uma discussão. Momentos depois, quatro rapazes retornaram ao local, sendo que dois deles estavam armados.

O segurança relatou que os rapazes efetuaram pelo menos quatro disparos do lado de fora da casa de shows. Eles entraram e continuaram atirando contra os frequentadores do local. Nesse momento, um policial à paisana, que estava dentro do estabelecimento, se abrigou atrás de uma coluna, e revidou a agressão dos rapazes, efetuando sete disparos.

Ainda segundo a PM, um dos rapazes que estava atirando foi atingido pelo policial, caiu, se levantou e correu para fora do estabelecimento, onde foi socorrido.

Outras três vítimas foram atingidas e socorridas, porém não há informação se elas fazem parte do grupo de atiradores ou se eram apenas frequentadores da casa. Elas foram socorridas por populares para o hospital, passaram por procedimentos cirúrgicos e não correm risco de morrer. Umas vítimas, um menor de 17 anos, foi transferido para o Hospital da Unimed em Cachoeiro de Itapemirim.

Segundo o Corpo de Bombeiros um dos atiradores foi atendido nos arredores do local, sendo constatado, inicialmente, que teria sido atingido por três tiros, um no dedo, um na parte inferior da coxa esquerda e outra na altura da bacia no lado esquerdo. Ele foi levado para a Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí.

Investigação

O policial que estava dentro do estabelecimento e revidou se retirou do local com medo de sofrer retaliações. Ele se apresentou ao Delegado Dedier de Carvalho, na Delegacia de Polícia Civil de Alegre. Após testemunhas serem ouvidas, o caso, a princípio, é considerado como legítima defesa própria e de terceiros.

Já os rapazes que entraram atirando na casa de shows responderão por tentativa de homicídio.

Casa de Shows

A Polícia Militar ressaltou que em determinados shows no local é comum ocorrer confusões. Além disso, o estabelecimento fica anexo ao posto de gasolina, onde a movimentação de muitos se dá, praticamente, nas dependências do posto de combustíveis

Do AquiNoticias.com


  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais