Supercarreta: 654 toneladas de transtornos

Famosa pelo peso exagerado e as dimensões gigantescas, a supercarreta passou por Manhuaçu nesta segunda-feira, 20. A expectativa na realidade foi maior do que o transtorno, que não deixou de acontecer. Filas nos dois sentidos e o congestionamento na BR-262 que afetou até ruas da cidade. O susto mesmo foi por conta de um problema […]

Publicado em 21/08/2012 - 08:53    |    Última atualização: 21/08/2012 - 08:53
 

Famosa pelo peso exagerado e as dimensões gigantescas, a supercarreta passou por Manhuaçu nesta segunda-feira, 20. A expectativa na realidade foi maior do que o transtorno, que não deixou de acontecer. Filas nos dois sentidos e o congestionamento na BR-262 que afetou até ruas da cidade. O susto mesmo foi por conta de um problema mecânico que fez o veículo ficar quase meia hora parado em frente ao 11º Batalhão de Polícia Militar.

Como a rodovia federal corta o perímetro urbano de Manhuaçu havia muito receio pelo transtorno que poderia causar. O histórico da carreta não é nada bom: saiu de Vitória (ES) no dia 17 de maio e deveria ter chegado em Ipatinga (Vale do Aço) em 25 dias. Todos os prazos foram por terra. A carreta quebrou diversas vezes em terras capixabas. No dia que entrou no território mineiro, depois de percorrer sete quilômetros, parou novamente.

Para evitar outros problemas parecidos que causariam ainda mais transtornos aos usuários da rodovia, a Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Caratinga exigiu que a empresa responsável pela carreta gigante elaborasse um plano de ação. Dentre as muitas exigências, havia a necessidade que a composição fosse seguida por cavalos mecânicos reservas, para substituição daqueles que eventualmente sofressem panes ao longo do trajeto dentro do estado de Minas Gerais.

Ela ficou parada desde o dia 6 de julho e retomou a viagem nesta segunda-feira. No final do dia, a carreta chegou à Fertilizantes Heringer, na Ponte da Aldeia, onde pernoita para seguir para Realeza e pegar a BR-116. A previsão é que chegue a Vilanova na noite desta terça.

Apesar do trabalho da Polícia Rodoviária Federal, não tem jeito: nesta terça, tem mais transtornos na rodovia.

ATRAÇÃO

A supercarreta transporta uma laminadora de aço para a Usiminas. Por conta de toda a expectativa, ela foi atração na tarde desta segunda-feira em Manhuaçu. Muitas pessoas foram para trechos da BR-262 assistir a passagem do veículo. Alguns com filmadoras, celulares e máquinas fotográficas. Houve quem preferisse ir até a Ponte da Aldeia, onde ficou estacionada.
O tamanho do veículo impressiona: são 111 metros de comprimento e 654 toneladas. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a supercarreta é o maior e mais pesado veículo de transporte a ter transitado pelas rodovias federais brasileiras.

Uma preocupação dos responsáveis pelo transporte é o peso nas pontes e viadutos da rodovia. Em alguns locais foram feitos reforços e inspeções após a passagem.

Essa é a primeira laminadora. Assim que terminarem essa etapa, uma segunda operação será realizada com outra peça do mesmo porte.

Carlos Henrique Cruz / Com fotos de Jailton Pereira, Fernando Mól, Ronildo Miranda e Douglas Silva


  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais