Notas falsas apreendidas

Rapaz é preso em Alto Jequitibá suspeito de passar notas falsas

Publicado em 22/11/2013 - 12:15    |    Última atualização: 22/11/2013 - 12:15
 

Um rapaz de 25 anos foi preso pela Polícia Militar de Alto Jequitibá, nesta terça-feira (19). Ele é acusado de tentar aplicar golpes num comércio da cidade.

O proprietário de uma lanchonete de Alto Caparaó procurou a PM relatando que o rapaz pagou um lanche para um funcionário com uma nota de R$ 20,00 no dia 17 de novembro. O denunciante alegou ainda que o próprio autor já desconfiava de que a nota era falsa, tanto que se prontificou a trocar o dinheiro caso fosse comprovada a irregularidade.

Antes de efetivamente chamar a PM, o proprietário do estabelecimento lesado ainda tentou encontrar o dono da nota, mas ele não foi encontrado. Os militares foram até a casa do pai da namorada do autor tentar encontrá-lo.

No local, o senhor informou que a mesma situação havia acontecido com sua filha. Ela teria comprado um sorvete com uma nota de R$ 20,00 falsa. Chocado, o senhor pegou a nota falsa e pagou pelo produto. Ele não soube informar o paradeiro, mas relatou que este tinha uma ex-mulher que morava em Alto Jequitibá.

Os militares de Alto Caparaó entraram em contato com policiais de Alto Jequitibá, que conseguiram localizá-lo na cidade vizinha.

Em conversa com a menina, na presença do pai e do namorado, ela resolveu abrir o jogo. Disse que a nota falsa havia sido entregue pelo autor.

As notas foram apreendidas. O autor foi orientado a comparecer à Delegacia de Manhumirim para prestar esclarecimentos.

Fonte: Portal Caparaó (adaptado)


  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais