Muriaé registra primeira morte por Covid-19

Vítima era um homem de 49 anos.

Publicado em 11/05/2020 - 10:21    |    Última atualização: 11/05/2020 - 10:23
 

A cidade de Muriaé oficializou, na tarde deste domingo (10) a primeira morte por Covid-19 confirmada no município. Trata-se de um homem de 49 anos morador da cidade.

O paciente possuía comorbidades e estava internado desde o dia 5 deste mês no Hospital São Paulo, com quadro de pneumonia por covid-19 confirmado.

Veja a nota divulgada pela prefeitura:

Com novos resultados divulgados pela Funed neste domingo (10), subiu para 40 o número de casos confirmados de coronavírus em Muriaé, ou seja, mais quatro em relação a sábado (9). Há também mais cinco testes negativos, totalizando 80 casos descartados de covid-19 na cidade.

As amostras positivadas são de duas mulheres, de 38 e 42 anos, e de dois homens, de 37 e 43 anos. Já os exames negativos se referem a quatro pessoas do sexo feminino (de 22, 23, 29 e 54 anos) e de um homem de 29 anos. Todos, tanto positivos quanto negativos, são residentes na cidade.

Além disso, Muriaé registrou neste domingo seu primeiro óbito por coronavírus. A vítima é um homem de 49 anos residente no município.

Casos suspeitos tiveram um decréscimo de ontem para hoje: caiu de 166 para 159. Destas notificações ativas, 71 se referem a casos em investigação, com amostras sendo analisadas pela Funed, e 88 em observação, ou seja, casos leves de síndrome gripal monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Ao todo, 175 monitoramentos foram encerrados por parte da SMS, portanto, finalizaram a quarentena e estão sem sintomas. Dos 40 pacientes que testaram positivos, 14 foram curados.

Os casos em investigação estão com amostras sendo avaliadas pela Funed, o único laboratório do SUS em Minas Gerais que está realizando testes de covid-19. Os resultados têm previsão de serem divulgados em até três dias úteis pela Funed. Já o monitoramento dos 88 casos em observação está sendo feito a cada 48 horas por telefone, conforme preconiza o protocolo do Ministério da Saúde.

Importante frisar que, de acordo com normas técnicas da Secretaria de Estado de Saúde, apenas os casos graves e hospitalizados de síndrome respiratória aguda grave têm as amostras analisadas. Porém, em todos os casos, com ou sem coleta de material, os cuidados estão sendo tomados como se fossem um caso positivo.

Da redação do Portal Espera Feliz.


  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais