Mulher é presa em Durandé acusada de mandar assassinar o marido

Investigações apontam que a mulher teria tramado a morte da vítima.

Publicado em 06/04/2020 - 13:43    |    Última atualização: 06/04/2020 - 13:43
 

A Polícia Civil da Delegacia de Manhumirim prendeu uma mulher e procura dois homens acusados de envolvimento no assassinato de um morador da zona rural de Durandé, no mês passado. A operação deflagrada nesta segunda-feira, 06/04, recebeu o nome de Viúva Negra, já que a companheira da vítima é apontada como a mandante do crime.

O Delegado da 33° Delegacia de Polícia Civil de Manhumirim, Glaydson de Souza Ferreira, conta que foram concedidos três mandados de prisão e três de busca e apreensão.

“Nesta manhã foi cumprido um mandado de prisão em desfavor da viúva da vítima. Os elementos colhidos no inquérito apontam para sua participação na qualidade de mandante. Os executores que são dois homens que estão foragidos. Um deles seria amante da viúva”, detalha.

O homicídio ocorreu no dia 13/03. A mulher saiu para uma caminhada justamente no momento do crime. O marido João Batista Schueng,  que era cadeirante, foi atacado por dois homens. Eles entraram na residência e efetuaram diversos disparos de arma de fogo, logo após fugiram do local.  “A motivação está ligada ao fato de que a morte da vítima se apresentava economicamente mais vantajosa para a mandante, além de que um dos executores, conforme apurado, seria seu amante”, completou o delegado.

Dr. Glaydson reforça que, “em que pese os cuidados que estamos tomando em virtude da pandemia do COVID19, a Polícia Civil está altiva e vigilante, e pessoas que estão cometendo crimes serão, conforme a lei, responsabilizadas”.

Do Portal Caparaó.


  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais