Manhuaçu – Bairro Sagrada Face: Novas rachaduras ameaçam casas

Mais famílias podem ter que deixar suas casas no bairro Sagrada Face, em Realeza, distrito de Manhuaçu. Novas rachaduras estão atravessando ruas e derrubando casas anunciando que mais um trecho do loteamento será condenado. O problema foi vistoriado nesta quinta-feira, 05, pela Defesa Civil Municipal. Desalojados e muito preocupados com os riscos de novos deslizamentos […]

Publicado em 07/01/2012 - 16:58    |    Última atualização: 07/01/2012 - 16:58

Mais famílias podem ter que deixar suas casas no bairro Sagrada Face, em Realeza, distrito de Manhuaçu. Novas rachaduras estão atravessando ruas e derrubando casas anunciando que mais um trecho do loteamento será condenado. O problema foi vistoriado nesta quinta-feira, 05, pela Defesa Civil Municipal.

Desalojados e muito preocupados com os riscos de novos deslizamentos e danos em suas casas, moradores estão cobrando providências da Prefeitura de Manhuaçu e autoridades. Segundo eles, as novas rachaduras e trincas estão repetindo o drama vivenciado por moradores das duas ruas afetadas desde 2003. No primeiro desabamento, grande parte do bairro cedeu, duas ruas e 22 casas desapareceram com o deslocamento do solo. Em 04 de janeiro do ano passado, a mesma história obrigou mais três famílias a saírem. Agora, o drama se repete.

Um dos moradores afirmou à reportagem que está cansado de visitas de especialistas e técnicos sem soluções para o problema. “Queremos saber o que podemos fazer para reduzir os problemas. Estamos com muitas casas trincadas e barrancos cada dia cedendo mais. Já cansamos de ouvir promessas”, afirmou.

Uma das ruas tem um abatimento e rachadura impedindo o trânsito de veículos e dificultando a passagem das pessoas. Outro morador fez coro ao drama vivenciado pela comunidade do Sagrada Face: “Temos crianças e moradores mais idosos que têm dificuldade sem ter a rua de acesso. É um momento muito difícil. Tem que ter alguma autoridade que tenha compaixão da gente e nos ajudar. Estamos cansados de todo período de chuva passarmos por esse drama”.

NOVELA

A coordenadora da Defesa Civil de Manhuaçu, Vininha Nacif, esteve no local com o engenheiro Silviomar e avaliou as casas. Ela explica que mais famílias poderão ser orientadas a deixar os imóveis. “Agora com esse período chuvoso mais intenso, notamos o retorno do problema. A situação se agravou e afetou várias casas, além da rua que dá acesso ao bairro. A situação é muito complexa. Infelizmente, já vieram especialistas e não tivemos uma solução definitiva, pois é algo mais complicado”, afirmou.

O novo bairro surgiu numa encosta acima do trecho em que seguem paralelas as BRs-116 e 262, em Realeza. Além do Sagrada Face, construções na parte de baixo e uma obra do DNIT retiraram a sustentação do barranco. Aliado a isso, estudos geológicos confirmaram que o terreno é muito instável e apresenta um grande deslocamento de terra.

O problema do bairro segue numa demanda judicial desde 2003. Uma Ação Civil Pública foi apresentada na Justiça Federal em Ipatinga.

Vininha diz que a maior dificuldade com as famílias é que a maioria é proprietária do imóvel. “Desde o ano passado, foi deliberado ao DNIT que apresente soluções definitivas p[nggallery id=3]ara o problema, através de determinação da Justiça Federal. À Prefeitura de Manhuaçu coube a parte de retirada das famílias e o acompanhamento social e um auxílio aluguel de alguns meses. Existem moradores que não querem sair, construíram suas casas com sacrifício e querem uma solução. Precisamos de um programa com habitação garantida para eles. Quem vai cobrar do DNIT para dar uma solução mais definitiva? Isso é uma ação que tanto os moradores, quanto a Administração de Manhuaçu tem que fazer”, argumentou.

Fonte: Portal Caparaó

 


Coronavírus

Prefeitura de Espera Feliz libera abertura do comércio

Decreto manteve restrições somente para alguns tipos específicos de negócios.

Enrique Natalino

Redes sociais em tempos de pandemia

A população está preparada para lidar com esse mundo digital? Sabe distinguir notícias e análises aprofundadas de Fake News?

Farley Rocha

25 coisas para se fazer na quarentena

Em termos biológicos, cada vitória conquistada sobre uma doença é um degrau a mais que alçamos no templo da evolução.

Sylvia Dimittria

Uma pausa forçada à sociedade do cansaço

O homem que se transformou numa máquina de performance teve que mudar o modus operandi.

Coronavírus

Espera Feliz tem primeiro caso suspeito de Coronavírus

Informação foi confirmada pela Secretária Municipal de Saúde.

Coronavírus

Editorial: as reais dimensões da crise do coronavírus

Neste momento, é vital estarmos todos bem informados e passando informações corretas a diante.

Coronavírus

Espera Feliz ainda não registrou casos suspeitos de Covid-19

Secretaria Municipal de Saúde ainda não registrou nenhuma ocorrência de caso suspeito.

Coronavírus

Coronavírus: Espera Feliz restringe comércios e suspende circulação de ônibus na cidade

Decreto municipal traz inúmeras determinações para tentar conter a transmissão do Coronavírus.

  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais

Portal Espera Feliz