Jovem é assassinado em Manhuaçu

Weverson de Assis da Costa, 21 anos, foi assassinado com um tiro no rosto na Praça Monsenhor Rocha, região central do distrito de Vilanova (Manhuaçu), por volta de 22 horas desta quinta-feira, 12. Segundo a versão do autor Alisson Magno da Silva Neves, 18 anos, nesta data ligou para a ex-namorada Emanuely e, durante a […]

Publicado em 13/04/2012 - 09:58    |    Última atualização: 13/04/2012 - 09:58
 

Weverson de Assis da Costa, 21 anos, foi assassinado com um tiro no rosto na Praça Monsenhor Rocha, região central do distrito de Vilanova (Manhuaçu), por volta de 22 horas desta quinta-feira, 12.

Segundo a versão do autor Alisson Magno da Silva Neves, 18 anos, nesta data ligou para a ex-namorada Emanuely e, durante a conversa, o atual namorado, Weverson, tomou o telefone da garota e mandou Alisson tirar satisfação com ele.

No momento dos fatos, Alisson estava acompanhado dos co-autores Wemerson, Eduardo Augusto Gomes, 26 anos, e Ronilson Vargas Mota, 20 anos, que começaram a instigá-lo a ir até a vítima para tirar satisfação. O amigo dele, Wemerson, entregou um revólver e lhe disse: “Se você tem coragem atira nele…”.

Os quatro foram ao encontro de Weverson e começaram a discutir. Alisson alegou aos policiais que, percebendo que os ânimos estavam exaltados, solicitou a seus amigos que fossem embora para evitar maiores problemas.

Após deixarem o local num Corsa, Alisson afirma que eles foram perseguidos e abordados por um Kadett e um Gol, que eram ocupados pela vítima Weverson e o irmão dele Uemerson.
Os dois cercaram o Corsa e, com facas, pressionavam os autores a descerem e os encararem. Três saíram do carro, enquanto Alisson ficou no veículo sozinho. Quando Weverson entrou, o rapaz atirou no rosto dele.

O irmão Wemerson se aproximou do carro e Alisson fez mais dois tiros. Segundo ele para intimidar o outro envolvido.

Weverson foi socorrido por seus irmãos Uemerson e Wanderson, mas chegou ao Pronto Atendimento de Manhuaçu morto.

Alisson foi localizado e preso na casa de seus avós. Os co-autores não foram localizados e, segundo familiares, afirmavam estar fugindo para o estado do Rio de Janeiro.

Carlos Henrique Cruz / Jailton Pereira – portalcaparao@gmail.com


  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais