Editorial: as reais dimensões da crise do coronavírus

Neste momento, é vital estarmos todos bem informados e passando informações corretas a diante.

Publicado em 21/03/2020 - 18:39    |    Última atualização: 21/03/2020 - 19:01

Desde que foi anunciado o surgimento de uma epidemia no interior da China em janeiro de 2020, a covid-19 – popularmente chamada pela mídia de “novo coronavírus” – alastrou-se para todos os continentes e recentemente foi considerada pela Organização Mundial de Saúde uma pandemia, isto é, doença que já atinge uma contaminação em escala global.

Contudo, distantes a milhares de quilômetros e isolados pelo Oceano Atlântico, a maioria dos brasileiros ainda não haviam se dado conta das reais dimensões que esta nova doença poderia alcançar. Mas há uma semana, quando equipes do Governo Federal começaram a fazer longos e sérios pronunciamentos em rede nacional, principalmente na figura do Ministro da Saúde Dr. Luiz Henrique Mandetta, as pessoas perceberam que algo muito grave estava acontecendo.

A partir daí, tanto governos estaduais quanto municipais estão empenhados em planos de intervenção para alertarem a população quanto à importância de se prevenir. Decretos estão sendo baixados, pronunciamentos na televisão, rádio e internet estão sendo feitos e carros de som, acompanhados por viaturas da Polícia Militar e agentes de saúde transitam pelas ruas de grandes e pequenas cidades com o intuito de alertarem a todos quanto a importância de se evitar ao máximo a exposição à eventuais contágios.

Por isso, medidas drásticas estão sendo tomadas para conter a proliferação da covid-19 que, por enquanto, não há vacinas ou medicamentos para combatê-la. Lojas e empresas estão sendo proibidas de funcionarem – à exceção de comércios e prestadores de serviços básicos como farmácias, mercados, postos de combustíveis entre outros – e o distanciamento social completo, como não sair às ruas sem necessidades emergenciais e evitar toda e qualquer tipo de aglomeração. Segundo os especialistas em saúde, apenas o isolamento total é capaz de desacelerar a proliferação do vírus e assim diminuir as implicações provenientes de seu contágio.

Portanto, cumprindo com as responsabilidades de nosso papel jornalístico perante à sociedade, o Portal Espera Feliz traz para o conhecimento e a conscientização dos leitores um importante vídeo a respeito do novo coronavírus. Gravado pelo Biólogo Átila Iamarino, graduado em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo e com pós-doutorado em Genética Molecular e de Micro-organismos pelo Instituto de Ciências Biomédicas pela Universidade Yale, nos Estados Unidos, o vídeo traz informações de extrema importância baseadas em estudos científicos de pesquisadores brasileiros e estrangeiros a respeito do assunto. Entre as informações, o biólogo explica sobre a rapidez na qual o vírus se prolifera, os efeitos maléficos que pode trazer à saúde e as consequências sanitárias, sociais e econômicas que podem acarretar caso haja um contágio em massa no país, além de traçar um panorama sobre os possíveis números de mortalidade provocados pela doença – que podem chegar à extensão de milhões de brasileiros.

Não é o caso de se apavorar, mas de se informar e cada um fazer a sua parte. Assista ao vídeo: