Café das Montanhas do Leste para o Brasil e o Mundo

Minas Gerais é o maior produtor de café do Brasil. Se fosse um país, produziria em suas lavouras cerca de 25% do café consumido no mundo. Há duas semanas, Minas se transformou na capital do café, reunindo milhares de interessados nesse produto, um dos mais procurados pela população, da América do Sul à Europa e […]

Publicado em 23/09/2013 - 09:30    |    Última atualização: 23/09/2013 - 09:30
 

Minas Gerais é o maior produtor de café do Brasil. Se fosse um país, produziria em suas lavouras cerca de 25% do café consumido no mundo. Há duas semanas, Minas se transformou na capital do café, reunindo milhares de interessados nesse produto, um dos mais procurados pela população, da América do Sul à Europa e do Oriente Médio à Ásia.

A Semana Internacional do Café, realizada no Centro de Exposições Expominas, em Belo Horizonte, entre os dias 9 e 13 de setembro de 2013, reuniu na capital mineira as maiores lideranças políticas e empresariais da cafeicultura mundial, tendo sido um dos maiores eventos realizados em Minas Gerais em toda a sua história. Ao longo de seis dias, produtores, compradores, consumidores e curiosos puderam conhecer um pouco mais sobre as origens, a história e a produção dessa bebida que, desde o século XIX, ajudou o Brasil a se desenvolver e se industrializar.

A realização da Semana Internacional do Café em Minas Gerais foi um dos elementos centrais da estratégia de internacionalização econômica e política do Estado, capitaneada pelo Governador Antonio Anastasia, na esteira dos esforços de promoção da abertura de Minas para exterior empreendidos desde Aécio Neves. Ao lado da Copa das Confederações e da Copa do Mundo de 2014, é um daqueles eventos capazes de fortalecer a imagem de Minas no exterior e de atrair, para o Estado, mais investimentos, turistas e mercados.

O carro-chefe da Semana foi a realização, em BH, da reunião comemorativa dos 50 anos da Organização Internacional do Café (OIC), entidade multilateral que reúne mais de 150 países produtores e consumidores dessa commodity, trazendo a Minas mais de uma centena de embaixadores. A OIC tem como objetivo principal a busca de preços mais justos e equilibrados para fortalecer a cadeia cafeeira de produção e de consumo, lançando mão de estratégias e mecanismos de cooperação internacional. Em sintonia com a importância de projetar o café como uma das âncoras da economia mineira e buscar a melhoria permanente da remuneração dos produtores, o Governo de Minas, auxiliado pela diplomacia brasileira, conseguiu emplaca mineiro Robério Silva na Secretaria-Geral da Organização Mundial do Café (OIC), sediada em Londres.

Outro evento importante realizado na Semana Internacional do Café foi o 5o Espaço Café Brasil, uma grande feira de expositores que buscou a promover e a expandir negócios na área da cafeicultura. Lá estiveram pequenos, médios e grandes produtores, mostrando ao mundo os diferentes tipos de cafés produzidos no Brasil, além de grandes compradores, especialistas e milhares de interessados em conhecer mais sobre o tema, que contou ainda com cursos, palestras e concursos de qualidade e disputas entre baristas.

O Município de Espera Feliz, que produz o café de Melhor Qualidade do Brasil, fez-se presente no stand do Café das Montanhas do Caparaó. No dia 9 de setembro, abertura oficial, os Governadores de Minas, Antonio Anastasia, e do Espírito Santo, Renato Casagrande, fizeram uma visita ao stand de Espera Feliz no Espaço Café Brasil, prestigiando o café das nossas montanhas.

Em recente visita à região produtora de café do Paraíso, o Secretário de Agricultura do Governo de Minas, Elmiro Nascimento, ressaltou a importância das conquistas dos cafeicultores de Espera Feliz, especialmente da família de Onofre e Alexandre Lacerda, vencedores do concurso nacional da ABIC, para tornar a região uma base referencial na produção de cafés de qualidade no Brasil. A projeção nacional e internacional, a agregação de valor e a criação de uma marca própria são conquistas importantes e que devem ser multiplicadas para todo o Município e região. O Melhor Café do Brasil é uma âncora que atrai grande interesse para Espera Feliz, fortalecendo a nossa estratégia de gerar mais e melhores empregos, fortalecer o turismo, proteger o meio ambiente e divulgar nossa cidade em outros mercados, ajudando a aquecer a economia e a melhorar a qualidade de vida de seus habitantes.

Enrique Carlos Natalino, mestre em Administração Pública, é professor universitário e Assessor da Governadoria do Estado de Minas Gerais


  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais