Farley Rocha

Este é um artigo ou crônica pessoal de Farley Rocha.
Não se trata de uma reportagem ou opinião do Portal Espera Feliz.

O paradoxo do espelho

Frente ao espelho embaçado pelo vapor do banheiro, procura a imagem que, há décadas, se escondera de si mesmo.

Publicado em 06/01/2022 - 13:32    |    Última atualização: 06/01/2022 - 13:32
 

Hoje ele se encara no espelho e percebe o homem que há muito já não via.

Olha, fixa, vê e se enxerga, podendo sentir que na face refletida existe outro alguém que o espelho já não revela.

Rugas, há. Pelos escapando longos das narinas e ouvidos. A testa, que um dia foi estreita feito um rio, alarga-se como um mar de algodão em ondas ralas dos fios de cabelo.

Apalpa-se a fronte, as pálpebras e as sobrancelhas. Examina o rosto poro a poro, boca e queixo, pescoço e bochechas. Frente ao espelho embaçado pelo vapor do banheiro, procura a imagem que, há décadas, se escondera de si mesmo.

Continua após a publicidade...

Vê, mas não acredita. Pois o homem da condição do agora é curvo, flácido, demasiado frágil, com semblante amiudado pelo tempo que passou.

Enquanto mira seus lábios sulcados e secos, recorda-se dos sabores que já degustou: frutas, doces, beijos. Vê seu nariz de pele porosa e elástica, recorda-se dos aromas que já aspirou: jantares, perfumes, jardins.

Vê suas orelhas alongadas e pálidas, recorda-se das notas que já ouviu: gracejos, bailes, serenatas. Vê suas mãos sensíveis e trêmulas: recorda-se das texturas que já tocou: veludos, almofadas, cetins.

E, por fim, espantado, vê seus olhos estáticos como se por segundos estivessem hipnotizados. É que por trás da catarata de suas retinas, quase oculto pelas íris fatigadas de rotina, encontra a si mesmo cristalizado na infância de suas mais tenras lembranças – o homem que hoje é velho descobrindo que um dia fora moço, vivaz, criança.

Pois se o tempo degrada o que fica do lado de fora, o espírito rejuvenesce o que habita o lado de dentro.

Por Farley Rocha.

Sobre Farley Rocha

Farley Rocha é professor, fã do Radiohead e do Seu Madruga. Já plantou uma árvore, escreveu um livro e edita o blog http://palavraleste.blogspot.com


  • JOSE EDUARDO VIEIRA DE SOUZA
    conhecido como EDUARDO CAWBOY

    ✰25/07/1965     ✞24/01/2022

    O corpo está sendo velado no(a) CAPELA VELÓRIO VIDA DE ESPERA FELIZ e será sepultado às 12:00 horas do dia 25/01/2022 no cemitério MUNICIPAL, em GUAÇUÍ

  • Plano Assistencial Familiar Vida

    Rua João Alves de Barros, 277
    Centro - Espera Feliz - MG

    (32)3746-1431

    Plantões
    (32) 98414-4438 / (32) 98414-4440

Clique aqui e veja mais