Sem salários há dois meses, professores de Espera Feliz entram em greve

Publicado em 06/11/2018 - 15:19    |    Última atualização: 06/11/2018 - 15:19

Prefeitura teria feito acordo de parcelamentos mas não cumpriu os prazos programados.

Professores da rede municipal de Espera Feliz deram início a uma greve nesta terça-feira (06) e só pretendem retornar os trabalhos quando os acordos com a prefeitura foram cumpridos.

No comunicado dirigido aos pais e responsáveis dos alunos os professores informaram que estão com dois meses de salários atrasados. Um acordo de parcelamento teria sido feito com o prefeito municipal, mas não teria sido cumprido. Ainda segundo o comunicado, demais funcionários estão com os salários em dia, ficando somente os profissionais da educação sem receber seus vencimentos.

O texto continua após a publicidade...

A greve deverá durar enquanto o município não chegar a um acordo com os professores. Veja abaixo a íntegra do comunicado:

Senhores pais e responsáveis,

Como é de conhecimento de toda a população esperafelicense, nós, professores da rede municipal de ensino, estamos com o nosso salário atrasado há dois meses. Em reunião com o prefeito João Carlos Cabral de Almeida, ficou acordado o pagamento parcelado, contudo, o que foi combinado não foi cumprido. Isso mostra o descaso de nosso administrador para com a Educação, visto que os demais funcionários encontram-se com os vencimentos em dia.

Dessa forma, informamos que a partir de terça-feira (06/11) entraremos em estado de greve e só retornaremos quando a Prefeitura cumprir com suas obrigações.

Pedimos desculpas por quaisquer transtorno, mas, por mais amor que tenhamos pela nossa profissão e por nossos alunos, também temos nossos compromissos em casa.

Atenciosamente, professores do CME.

Da redação do Portal Espera Feliz.

Deixe seu comentário