Mulher é assassinada com golpes de foice na zona rural de Espera Feliz

Publicado em 31/07/2017 - 11:08    |    Última atualização: 31/07/2017 - 11:08

Autor foi preso após intenso rastreamento da polícia que durou cerca de 24 horas.

Conceição Raymunda Guimarães Neta, de 21 anos, foi assassinada com golpes de foice na madrugada deste domingo (30) no Córrego São Gonçalo, zona rural de Espera Feliz. O autor, Robson Lira Gonçalves, de 18 anos, suspeitou que a mulher – sua amásia – estaria tendo um caso com seu pai.

O pai do autor não confirmou que estivesse tendo um caso com a vítima. Ele contou aos policiais que estavam em sua casa fazendo um churrasco em comemoração ao seu aniversário e, após os convidados irem embora, seu filho foi até Espera Feliz visitar sua mãe que havia passado mal e, ao retornar, encontrou a casa fechada e Conceição estava dormindo na residência.

Ainda de acordo com o pai, ele foi acordado por Robson, já com uma foice na mão, dizendo que havia matado sua mulher. Ele afirmou que estaria dormindo enquanto o crime ocorreu. O autor, por sua vez, alegou que, ao retornar à residência durante a madrugada, viu que a casa estava trancada e com as luzes acesas. Ele arrombou a porta e teria visto sua companheira correndo para o banheiro, o que para ele teria sido a confirmação de que Conceição estaria tendo um caso com seu pai, o que motivou o crime.

Após matar a vítima o suspeito fugiu e a polícia efetuou intenso rastreamento, por cerca de 24 horas, sem interromper as buscas. Finalmente o fugitivo foi encontrado escondido embaixo de alguns panos de café atrás de uma tulha. Em depoimento ele contou detalhes de como desferiu os golpes de foice, confessando ter sido o autor do assassinato. A vítima sofreu cortes nas duas pernas, no pescoço e teve a mão esquerda amputada.

Robson foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia de Espera Feliz.

Da redação do Portal Espera Feliz.

Deixe seu comentário