Mulher de Espera Feliz é acusada de exploração de trabalho infantil

Publicado em 22/11/2017 - 14:09    |    Última atualização: 22/11/2017 - 14:09

Tia é acusada de explorar mão de obra da sobrinha, de 15 anos.

Uma mulher de 45 anos recebeu voz de prisão após denúncias de que estaria explorando o trabalho de sua sobrinha adolescente. O caso foi registrado na tarde desta segunda-feira (20), em Espera Feliz.

A polícia tomou conhecimento após ser acionada pelo Conselho Tutelar. Segundo os conselheiros, a queixa relatava que uma adolescente de 15 anos vinha sendo coagida a vender doces na rua para a tia, além de sofrer agressões e ameaças pela mesma.

A PM e os representantes do Conselho Tutelar se deslocaram até a residência da suspeita, mas sem sucesso em encontrá-la. Mais tarde, a acusada entrou em contato através de um celular, onde ficou ciente da situação e foi intimada a comparecer ao quartel.

Já no local, a suspeita recebeu voz de prisão e foi encaminhada para as autoridades, para a tomada das providências cabíveis. A menor foi levada para a Instituição Leleco, a fim de resguardá-la durante as investigações.

Por Halana Moraes

Deixe seu comentário